quinta-feira, 4 de maio de 2017

ANEDOTAS

Diz ela, em surdina, logo após a cerimónia do casamento:
– Amor, a partir de agora, será um prazer para mim consolar-te nas tuas ralações e contrariedades.
Responde ele:
– Mas, meu anjo, eu não tenho nenhumas!
E acrescenta ela:
– Ah, mas hás-de tê-las…


Enviar um comentário