segunda-feira, 10 de outubro de 2016

ANEDOTAS

Dois anos depois do casamento, o marido de consciência pesada encara a mulher:

- Benzinho, vamos jogar o jogo da verdade. Contamos os nossos segredos, juramos guarda-los um para o outro e no fim a gente se perdoa.

- Combinado, amorzinho.

- Bem, vou comecar - diz o homem, nervoso. - Dois meses depois que nos casamos, eu tive um caso muito louco com a tua irmã...

- O quê? Mas logo com a minha irmã? - ela interrompe, furiosa.

- Espera um pouco,  prometeste que perdoarias...

- Está bem, estás perdoado, amorzinho. E agora é a minha vez...

- Claro, claro! - ele diz, aliviado. - Que pecadinho tens pra contar pra mim, docura?

- Amorzinho, dois anos antes de a gente se casar eu era homem...
Enviar um comentário